IHST no Mundo

O BHEST faz parte do BAST, uma iniciativa da ANAC para aumentar os níveis de segurança da aviação civil no Brasil.

O Sumário Estatístico de Helicópteros 2006-2015 pretende aprofundar os dados disponíveis sobre as ocorrências com este tipo de aeronave, visando possibilitar análises embasadas em dados reais e signicativos para este importante segmento. A informação contribui de forma relevante para a prevençãao de acidentes aeronáuticos.

Leia o documento completo aqui.

Parceiro Regional do IHST no Brasil e integrante do BAST da ANAC.

O Programa de Segurança Operacional Específico da Agência Nacional de Aviação Civil (PSOE-ANAC) contempla as diretrizes e requisitos para orientar a implantação e desenvolvimento de Sistemas de Gerenciamento da Segurança Operacional – SGSO, representando o compromisso da ANAC com a busca da melhoria contínua nos níveis de segurança operacional da aviação civil brasileira.

O referido Programa estabelece, no seu art 75, que “a ANAC deve desenvolver iniciativas, em colaboração com a indústria da aviação civil, para o compartilhamento de dados e informações de segurança operacional”, devendo estas iniciativas terem "por objetivo o aprimoramento dos processos da garantia da segurança operacional”.

Assim surgiram os Grupos Brasileiros de Segurança Operacional (BAST), cujo objetivo principal é, em conjunto com os Provedores de Serviço da Aviação Civil (PSAC) e a comunidade de aviação civil, envidar esforços em prol da segurança operacional da aviação civil no Brasil, equiparando-a ao nível das regiões mais seguras do mundo.
Os grupos são comitês integrados por profissionais dedicados à melhoria da segurança operacional da aviação civil brasileira, sem personalidade jurídica, divididos em:

I - Grupo Brasileiro de Segurança Operacional da Aviação Comercial (BCAST) cujo objetivo é tratar dos assuntos relacionados às operações com aeronaves de transporte aéreo público que realizam operações domésticas, de bandeira ou suplementares;
II - Grupo Brasileiro de Segurança Operacional de Helicópteros (BHEST) cujo objetivo é tratar dos assuntos relacionados às operações das aeronaves de asas rotativas;
III - Grupo Brasileiro de Segurança Operacional da Aviação Geral (BGAST) cujo objetivo é tratar dos assuntos relacionados às operações das aeronaves de asas fixas da aviação geral e das aeronaves que realizam operações complementares ou por demanda; e
IV - Grupo Brasileiro de Segurança Operacional de Infraestrutura Aeroportuária (BAIST) cujo objetivo é tratar dos assuntos relacionados à infraestrutura aeroportuária brasileira.

ANAC publica Relatório Mensal de Segurança Operacional

Apoio:

Flag Counter

CENIPA publica Anuário Estatístico 

da Aviação de Helicópteros

Patrocinadora do site do BHEST.

Links

Brazilian Helicopter Safety Team

Nossa Visão: Indústria de Helicópteros no Brasil com Zero Acidentes

O Relatório Mensal de Segurança Operacional (RMSO) traz uma coletânea de indicadores relevantes sobre as condições de segurança operacional da aviação civil brasileira, assim como as análises destes indicadores e suas tendências, de forma a fornecer informações que possam contribuir com o
processo de tomada de decisão relativas à gestão da aviação civil brasileira. Leia aqui o relatório completo.